"O direito é criado pelo homem, é um produto tipicamente humano, um artifício sem entidade corporal, mas nem por isso menos real que as máquinas e os edifícios." - Gregorio Robles

01/10/2020

O novo nome para o Supremo

kassio marques bolsonaro supremo stf ministro judiciário

Há pouco falamos da saída de Celso de Mello. Ao que parece Bolsonaro já tem nome para substitui-lo: seria o piauiense Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Segundo a Folha, a escolha surpreendeu os ministros do STF, pois Kassio era cotado para o STJ na vaga de Napoleão Nunes Maia. O povo foi rápido: até página na Wikipedia já criaram para o possível futuro ministro.

Evidente é tudo informal ainda. Em se tratando de Bolsonaro, de tantos ditos e desditos, tudo pode mudar. É certo porém que, mais que surpresa, sua escolha "por fora" deve ter frustrado muita gente. O Sakamoto foi certeiro ao apontar que se confirmada a indicação vai ter gente que paparicou Bolsonaro à toa. A pecha caiu não sem razão em Augusto Aras, por exemplo, que em mais de uma ocasião se posicionou publicamente como um verdadeiro advogado do bolsonarismo. A troco de quê? 

Kassio, além de ser nordestino, o que é ótimo para a integração social do país, não é "terrivelmente evangélico" e nem toma cerveja com Bolsonaro. Tem sido saudado como um nome técnico. Isso tudo é alvissareiro, mas o Sakamoto, no texto linkado acima, lembra que Bolsonaro ano que vem ainda indicará o substituto de Marco Aurélio, e sabe-se lá que "bomba" vem por aí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também: