"O direito é criado pelo homem, é um produto tipicamente humano, um artifício sem entidade corporal, mas nem por isso menos real que as máquinas e os edifícios." - Gregorio Robles

22/10/2020

Senado aprova Kassio para o STF. Vejamos como será.

kassio nunes marques senado stf ministro

Após a sabatina pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Kassio Nunes Marques teve sua indicação para o Supremo Tribunal Federal aprovada por 57 a 10. Ocupará a cadeira do venerando Celso de Mello, que se retirou em setembro. A data da posse do futuro ministro ainda será definida.

Kassio foi um azarão que correu por fora. Bolsonaro prometera tanto um nome "terrivelmente evangélico" quanto alguém que "bebesse com ele" (que de repente poderiam até mesmo ser a mesma pessoa; se evangélicos podem beber ou não é uma questão teológica na qual não me meto). Talvez ainda cumprirá a ameaça, pois a próxima vaga será aberta com a saída de Marco Aurélio, mas por ora, felizmente, Kassio não se adequa a esses pouco lisonjeiros requisitos. É conservador, realmente, mas se define como garantista. Isso não é pouca coisa. É verdade que começou com pé esquerdo com a polêmica no currículo. Mas vejamos o que vem por aí.

Vai abaixo a sabatina. Dez horas de duração, estejam avisados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia também: